.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. MEU DEVANEAR

. O VERDADEIRO E O MENTIROS...

. SAUDADES DUMA VELHINHA

. DO VENTO NORTE ME LEMBREI

. AVE SOLITÁRIA

. ESCRAVO DA AMBIÇÃO (O EGO...

. A SUPORTAR O MAL

. OLHANDO O SEU PASSADO

. AMOR É DOCE MOSTO NUM SER

. DISCURSOS SÃO PALAVRAS BU...

.arquivos

. Junho 2018

. Maio 2018

. Janeiro 2018

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Setembro 2016

. Fevereiro 2016

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Janeiro 2015

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.favorito

. INTRANQUILO

blogs SAPO

.subscrever feeds

Sexta-feira, 27 de Março de 2009

A PINTORA NATUREZA

 
  Está o campo de várias cores pintado
A Natureza trazendo a Primavera
Nele a pintar flores se esmera
Redobrando certamente de cuidado
 
E o amarelo o vermelho o azulado
São as cores que mais venera
E cisma-se que a preferi-las exagera
Parecendo as restantes ter desprezado
 
Mas não se interfira nesse gostar
Pois que pinta divinamente
Como ninguém sabe pintar
 
Razão porque se vê toda a gente
Encantada o campo a contemplar
Foi a Natureza qu'o pintou, é evidente!
 
            João M. Grazina (Jodro)
publicado por CAMAGE às 18:05

link do post | comentar | favorito
Domingo, 22 de Março de 2009

MATARAM A ROSEIRA BRAVA

 Ver imagem em tamanho real

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Ah! Como sofri esse momento
Em que a roseira brava vieram arrancar
Eu que tanto gostava da contemplar
Linda, brotando rosas para meu contento
 
Foi de súbito que alguém sem tento
Surgiu e cruel a decidiu matar
Pressenti as belas rosas a chorar
Moribundas em atroz sofrimento
 
Agora só terra árida de graça vazia
Onde antes a roseira brava floria
De ramos frondosos o chão juncando
 
E assim ficou tristemente nua
Nela a roseira brava não mais flutua
Ao vento, as folhas e pétalas arrastando
 
           João M. Grazina (Jodro)
publicado por CAMAGE às 20:23

link do post | comentar | favorito
Domingo, 15 de Março de 2009

NOSSA SINA TEMOS DE CUMPRIR

Ver imagem em tamanho real 
 
 
 
 
 
 A Terra gira e todos nela giramos
Por aqui, por ali, desta ou daquela maneira,
Cansados ou sem canseira
E para sobreviver labutamos
 
De bem e de mal nos trajamos
Uns de forma singela, verdadeira,
Outros em atitude sobranceira
Por ironia do destino amamos e odiamos
 
Giramos sensibilizados pelo amor
Ou influenciados pelo rancor
Sem apreendermos a razão desse sentir
 
Que nos impõe a sua força natural
Subjugando-nos ao bem ou ao mal
Desígnios da sina que temos de cumprir
.
          João M. Grazina (Jodro)
publicado por CAMAGE às 16:50

link do post | comentar | favorito
Domingo, 8 de Março de 2009

FUI E SOU

  Fui passado e sou presente
Caminho duro calcorreei
Imensas adversidades enfrentei
Que fui vencendo diligente
 
Com esperança segui sempre em frente
Por vezes caí mas logo me levantei
E com mais denodo e amor me apliquei
Em tudo que meu coração mais sente
 
E p'la vida que todos no tempo definha
Continuo persistente a lutar
Olhando a Humanidade mesquinha
 
 Impávida a Terra a envenenar
E assim ando à maneira minha
Com esp'rança meu destino a calcorrear
 
            João M. Grazina (Jodro)
publicado por CAMAGE às 16:10

link do post | comentar | favorito
Domingo, 1 de Março de 2009

DOCE SENTIMENTO

 
O amor é um doce sentimento
Que nos enche o coração de doçura
Que adocica a amargura
Que nos morde em qualquer momento
 
Doce amor de bem sedento
Que o coração não enjoa ou satura
E nele para sempre perdura
Até a morte lhe tolher o batimento
 
No coração doçura é amor
A semear por toda a gente
De delicado e excelente sabor
 
A deixar quem o ingere contente
Alívio para a miséria que é dor
Que pelo Mundo teima persistente
.
           João M. Grazina (Jodro)
publicado por CAMAGE às 20:14

link do post | comentar | favorito