.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. MEU DEVANEAR

. O VERDADEIRO E O MENTIROS...

. SAUDADES DUMA VELHINHA

. DO VENTO NORTE ME LEMBREI

. AVE SOLITÁRIA

. ESCRAVO DA AMBIÇÃO (O EGO...

. A SUPORTAR O MAL

. OLHANDO O SEU PASSADO

. AMOR É DOCE MOSTO NUM SER

. DISCURSOS SÃO PALAVRAS BU...

.arquivos

. Junho 2018

. Maio 2018

. Janeiro 2018

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Setembro 2016

. Fevereiro 2016

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Janeiro 2015

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.favorito

. INTRANQUILO

blogs SAPO

.subscrever feeds

Terça-feira, 21 de Agosto de 2007

RECALQUEMOS O ÓDIO

 

 Se a violeta contagiasse o Homem com 

a modéstia que é seu apanágio, por certo

haveria menos ódio e mais amor na Terra.

 
     
 
Recalquemos o ódio em nós a bramir
Sensíveis a que floresça somente amor
Como que deslumbrante perfumada flor
Que nos seduz e se aspira a sorrir
     
Deixemos só amor em noss'alma persistir
Abafando o ódio nauseabundo de odor
Consagremo-nos ao bem querer com ardor
Belo, inebriante nos corações a florir
     
Semeemos o amor por toda a Terra
Para doces sentimentos nascerem
Como flores em linda Primavera
     
Sob Sol radioso a florescerem
Abracemos os mais frágeis à espera
De com nosso amor se fortalecerem
     
            João M. Grazina (Jodro)           
     
Meditabundo: Sei que não é possível elimi_
nar o ódio na Humanidade pois que é um
componente da Natureza e que actua  por
imposição desta, por conseguinte, não há
forças que o possam impedir, mas também
a mesma (Natureza) não me amordaça, an_
tes pelo contrário me influencia a incitar  o
Homem ao amor, para assim amenizar
mais o ódio e foi por isso sensibilizado que
concebi este poema, minha razão de estar
na poesia, amor  e  só  amor  é  o  que am_
biciono por todos os cantos do Mundo.
     
                                               "Jodro"
publicado por CAMAGE às 20:25

link do post | comentar | favorito